Sífilis em mulheres grávidas

Sífilis em mulheres grávidas
17 de fevereiro de 2017 | Saúde da mulher | Sem comentários

Sífilis em mulheres grávidas

A gestante com sífilis deve ser detectada e tratada precocemente para evitar a transmissão para o feto, que ocorre na maior parte das vezes ainda no útero, mas pode ocorrer também durante o parto.

A transmissão para o feto pode causar graves consequências, como abortamento, parto prematuro, baixo peso ou doença da criança com acometimento de vários órgãos, que pode se manifestar logo ao nascimento, mas também até após os dois anos de idade.

Como os sintomas de sífilis podem passar despercebidos, toda gestante deve realizar teste sorológico na primeira consulta do pré-natal, e repetir no início do terceiro trimestre e no momento do parto.

 

Artigos relacionados: